Home Parceiros Políticas Contato

30

Resenha #16 - A Linguagem das Flores - Vanessa Diffenbaugh

Olá Amores!

Hoje é noite de:



 A Linguagem das Flores
Vanessa Diffenbaugh

Sinopse: Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram. Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio. 


Confesso que fiquei meio receosa para ler “A Linguagem das Flores”. Gosto de flores, mas não sei se um livro onde o tema central parecia ser esse me agradaria, então comecei a ler sem grandes expectativas. E foi aí que tudo mudou! Eu me apaixonei por Victoria, por sua história e pelas flores assim que terminei o primeiro capítulo.

Vamos conferir a resenha?!?
Garanto que vão se apaixonar, assim como eu!


Victoria Jones passou toda a sua infância e parte da adolescência em lares adotivos. Na maioria deles ela nunca conheceu o amor, o que provavelmente contribuiu para alimentar a sua raiva pelas pessoas, isso mesmo, Victoria se torna uma misantrópica – aversão à humanidade – e isso a leva a diversos conflitos interiores. Apenas uma pessoa no mundo se torna especial para ela, Elizabeth, a mulher que a adotou e que parecia a compreender desde o primeiro instante. A mulher que a amou como uma filha. A mulher que a ensinou a “Linguagem das Flores”.

A estória de Victoria é contada em dois tempos diferentes, o presente em que ela se encontra com 18 anos e é levada por Meredith, sua assistente social, embora do último lar adotivo para nunca mais voltar. Agora que é maior de idade, o Estado não se responsabiliza mais por ela. Sendo assim Victoria se vê tendo que arrumar um emprego e um lugar para morar. E o passado, onde mostra sua infância revoltada e seu encontro com Elizabeth. Aqui durante o tempo que passou com Elizabeth, notamos o amadurecimento de Victoria, sua felicidade em ser amada pela primeira vez e notamos também Victoria amando sua mãe adotiva e pondo tudo a perder por este mesmo amor.

“Meus olhos se encheram de lágrimas. A raiva que sentira de Elizabeth naquela manhã se dissolveu, imediatamente substituída por um estado de choque. Eu não havia acreditado em Elizabeth, nem por um instante sequer, quando ela me dissera que nada do que eu aprontasse faria com que ela me devolvesse [...]”. (pág. 96)


Victoria parece não ligar para nada além das flores. É como se sua existência no mundo, não tivesse importância alguma. Ela apenas sobrevive. Mas quando a realidade bate com força em sua cara, e ela percebe que “mora” em um parque cercada pelas flores que ela mesma plantou e não tem dinheiro para se alimentar, é que tudo muda. Novamente. Victoria consegue um emprego na Bloom, a floricultura de Renata, que acaba por se tornar uma pessoa muito importante em sua vida.

Durante uma das inúmeras visitas ao Mercado das Flores ao lado de Renata, Victoria depara-se com Grant, um vendedor de flores que parece entender a linguagem das flores – que surgiu na era vitoriana – assim com Victoria. Isso a surpreende e a irrita, afinal Victoria nunca gostou de conversar ou de ser tocada pelas pessoas. Ela sempre se comunicou através das flores, mesmo que a maioria das pessoas nunca a intendessem. E o fato de Grant a desafiar mostrando que compreendia suas mensagens através das flores, a faz ficar determinada a descobrir mais sobre o cara misterioso.

“O visco repousava sobre meu peito. Eu o observava subir e descer num movimento irregular. Meu coração e minha respiração não haviam voltado ao ritmo normal desde que eu interpretara a respostas que aquele estranho pusera na palma da minha mão”. (pág. 60)

“Assim como Elizabeth, Grant era uma pessoa difícil de se esquecer. Era mais do que o fato de nossos passados terem se cruzado, mais do que o desenho do álamo-branco, que, com seu mistério, me levou a descobrir a verdade sobre a linguagem das flores. Era algo no próprio Grant, no modo como levava as flores a sério ou no tom de sua voz quando discutia sobre elas, ao mesmo tempo suplicante e contundente. [...]”. (pág. 90)

O tempo passa e Victoria parece conseguir estabilizar sua vida, mas não os seus sentimentos. Quando sua filha nasce, ela a ama mais do que tudo, mas então seu passado a assombra como tem feito todos os dias de sua existência. Ela se pergunta como alguém que fora abandonada e nunca fora amada até encontrar Elizabeth e depois acabar com esse amor, poderia amar e ser amada por sua filha. É nessa última etapa que Victoria acaba por amadurecer e se transformar em uma mulher que ela jamais pensara ser possível.

“Olhar para minha filha me enchia de um amor que eu antes achava ser incapaz de sentir e pensei no que Grant tinha dito na tarde em que reapareci em seu jardim de rosas. Se fosse verdade que o musgo não tinha raízes e que o amor materno poderia crescer espontaneamente, vindo do nada, talvez eu tivesse me enganado ao me julgar incapaz de criar minha filha. Talvez os indiferentes, os rejeitados, os mal-amados pudessem aprender a dar amor com tanta abundância quanto qualquer outra pessoa”. (pág. 282)


O livro tem uma escrita sensível e aborda uma personagem diferente de todas que já li e com sentimentos conflitantes que arruínam e ao mesmo tempo salvam a sua vida. A trajetória de Victoria parece ser por pura sorte, mas depois entendemos que se trata da busca pelo amor e pelo perdão. Amar e ser amada. Perdoar e ser perdoada. E no percurso aprendemos com Victoria a linguagem das flores, o que torna tudo ainda mais belo.

A diagramação do livro é muito fofinha e no final nos deparamos com o dicionário da linguagem das flores! Amores esse livro entrou para os meus Tops Favoritos junto com a série House of Night e A Hospedeira. Não percam tempo e leiam A Linguagem das Flores, porque o livro é maravilhoso!


Páginas: 304
Gênero: Ficção. Romance.


Classificação: 
Estimado como: 



Por hoje é só amores...




Merry Meet, Merry Part and Merry Meet Again

30 comentários:

  1. Que resenha mais fofa! Olha eu nunca tive interesse de ler esse livro, tb pelo tema central das flores mas parece ser uma estoria muito boa!

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Puxa vida, vc conseguiu não só me deixar curiosa com sua resenha, mas tocou fundo meu coração, adoro flores, já tinha admiração pela capa linda desse livro, mas nunca tinha lido nada especial sobre ele. Isso até HOJE. Amei sua resenha, nem li os quotes, para não correr o risco de ler spoiler, pq vou comprar o livro assim que puder. Amei Amanda, de verdade, vc colocou sentimento ao resenhar, e isso é muito lindo *.*

    Beijinhos
    Vivi
    Razão e Resenhas.

    ResponderExcluir
  3. Oi querida... olha só, eu linkei vc num meme na postagem de ontem(28/03), viu? Passa lá... ah, veja tbem a nova postagem, uma entrevista que dei! :)

    bjksssss

    JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  4. Oi Blake,

    Tudo de bom a sua resenha!Essa menina não é só heroína, mas representante do que se passa quando se estar sozinho.

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  5. OI Blake, acho a capa desse livro linda, e nunca tinha lido uma resenha dele, fiquei emocionada e não sabia que este livro era tão cativante!!
    Parabéns pela resenha!!

    Passa no blog,.
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2012/03/divulgacao-do-livro-de-simone-o-marques.html?showComment=1333107911398#c6478523165750233768
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Que resenha apaixonante!
    Agora eu preciso comprar esse livro logo! rs
    Ficou encantada com a história dele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Parece ser um ótimo livro. Eu estou querendo ler ele faz tempo, até participei de uma promoção para ver se eu ganhava, mas não tive sorte. Assim que puder eu compro o livro.

    Beijos, Paati'

    Blog Resenhando
    http://livros-resenhados.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Aiii que show! Me apaixonei pelo livro mesmo não tendo lido! Eu quero...,adorei a finalização do post com essa imagem de tulipas vermelhas!
    Beijos!
    http://palomaviricio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi,amiga!
    Que resenha mais linda!Esse livro chama muito a minha atenção!Tenho ele já faz algum tempo mas a pilha ainda não diminui por isso ainda não pude conferir essa linda história.
    Mas, gostei demais da resenha.O meu grande receio era saber se o tema central das flores conduziria bem a história até o fim.Pela sua opinião,sim..né!
    Adorei a resenha!
    Bjs..
    Zilda Mara
    Cachola Literária

    ResponderExcluir
  10. Oi Blake!
    Não conhecia o seu blog,ele é uma graça,eis aqui sua mais nova seguidora.Nunca me chamou a atenção A linguagem das flores,mas é sempre bom quando nos surpreendemos com um livro ao qual não criamos muita expectativa,deu para perceber na sua resenha que você gostou e procurou tirar o melhor da estória.Sempre que precisar é só me mandar o link ok.
    Bjos Fabi
    htp://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Que resenha hei...
    Fiquei aqui super curiosa e babando pelo livro. Gostei mesmo!!!! Adoro flores e quero muito ler este livro, sem contar que a história é bastante convidativa! Bela resenha querida, você arrasou!!!!!
    Beijos

    http://pollymomentos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi Blake,

    adorei sua resenha!! A primeira vista o livro parece bem dramático, mas mesmo assim fiquei com vontade de lê-lo!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Realmente o tema "flores" dá a impressão: "Será que vai ser um livro bom?", mas depois da sua resenha este pensamento evaporou!

    Meus parabéns, ficou excelente!
    Navegando em Páginas!

    ResponderExcluir
  14. Quando alguém me diz que o livro entrou para a lista dos favoritos, então ele realmente deve passar uma coisa boa. Fiquei curiosa.
    Beijos

    http://leiturasdepaty.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bom?
    Obrigada pelo seu comentário maravilhoso lá no blog, vim retribuir.
    Eu já li esse livro e posso dizer com você que concordo que o livro é maravilhoso.
    Me surpreendeu muito e fiquei muito feliz com a leitura.
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    Passa lá no blog?
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Quando vi esse livro pela primeira vez, ele me chamou atenção, gostei da capa e da sinopse.
    Ele está na minha lista de livros para ler.
    Gostei muito da sua resenha, muito bem desenvolvida ;)

    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  17. Nunca tive muita curiosidade para ler o livro, porque não sabia que tinha romance, mas depois da sua resenha fiquei louca por ele.
    Quero ler o quanto antes, pois eu adoro flores.
    sua resenha ficou ótima.
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Ameii a resenha
    Essa capa é fofa.. e o livro parece ser também
    Eu nunca soube muito da história dele, e amei!

    Espero ler em breve!

    beijos e um excelente final de semana pra você
    NANA - OBSESSION VALLEY

    ResponderExcluir
  19. Nossa, essa estoria parece ser bem interessante
    E eu não conhecia esse caso Oo'
    Fiquei interessada e vou procurar
    LInda resenha

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Linda resenha Blake, eu como você não havia me animado para ler esse livro não, mas me pareceu bem interessante, essa questão do abandono, por ser uma criança em conflito e um adulto tendo que enfrentar o mundo sozinho.parabéns gostei muito.
    BeijOs!
    http://forumparalivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Voltei para falar da postagem... gostei muito Blake!

    Parece ser um filme interessante... meio triste! Adoro livros que nos fazem refletir!!

    bjks

    ResponderExcluir
  22. Só vejo resenhas lindas sobre esse livro, mas nunca consigo comprar =/ O blog até recebeu para resenha, mas tá com a May e não sei se um dia vai vir pra mim. Por enquanto fico só na vontade mesmo, já que até a pilha de desejados pra comprar está enoooorme :o rs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  23. Livros que trazem mensagens são sempre os melhores livros por que eles acrescentam algo em nossas vidas, algo a mais que podemos usar em nossas próprias experiencias. Esse livro me parece uma ótima história, vou coloca-lo na minha lista como A Resposta, que deve ser muito bom pelas resenhas que eu já li.

    Beijinhos,
    Kimy Gabrielli.
    http://blogkimygabrielli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Olá linda tudo bem? ( Espero que sim)

    Esse livro ai parece ser bom. Hein?

    Fiz um post sitando o seu blog. Quando puder,dê uma olhadinha lá. Ok?

    Beijinhos!!!

    By Clara Martins do blog
    http://www.superleitora.com/

    ResponderExcluir
  25. Eu adorei seu blog.
    Quer entrar para a equipe do blog Sobre Tudo Um pouco?
    Visita o blog para saber mais informação.
    http://subretudoumpouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Ola primeira vez aqui e adorei, sucesso Õ/
    passa no meu ? http://s2-fearless.blogspot.com.br/

    Beeeijos Marianna ..

    ResponderExcluir
  27. Olá;
    Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro e ambas mostram algo que até então eu não imaginava sobre o livro. No inicio poderia até não gostar, mas com as resenhas, parece que o livro tem algo importante para mostrar o leitor e isso é sempre bom.

    Parabéns pela resenha. Completa e muito bem escrita.
    Beijos
    Ricardo - www.overshock.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Tbémli esse livro e adorei =)
    Muito legal sua resenha!!!
    Estou te seguindo e espero sua visitinha no meu blog ok!!!

    ResponderExcluir
  29. Eu tenho este livro aqui e ele está na minha interminável lista de leituras. Achei a sinopse muito interessante mas depois de sua resenha confesso que fiquei com muita vontade de ler. Sua resenha está ótima, cheia de detalhes, amei! Um beijão!

    ResponderExcluir
  30. Confesso que não tinha muita vontade de ler A linguagem das flores, mas depois de ler a sua resenha, a história parece ser bem emocionante e envolvente.
    Parece passar uma mensagem de perdão e superação. :)

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário com muita originalidade e carinho! E faça uma blogueira feliz!
Sem ofensas, por favor.
Obrigada!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...